Ajuste Fiscal

15,5 milhões de trabalhadores tem dinheiro a receber

Quem trabalhou antes de 1988 pode ter valores a receber do PIS/PASEP

Até 1988, as empresas e órgãos públicos depositavam dinheiro no Fundo PIS/PASEP, em nome de todos os funcionários e servidores contratados, de forma que cada trabalhador é um cotista do fundo.

Quem foi empregado contratado ou servidor público, anteriormente a 1988, e não sacou todos os recursos do fundo ainda, têm direito a receber os rendimentos de sua parte no fundo. Esse direito é diferente do abono salarial (o abono do PIS), concedido pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

A Controladoria Geral da União afirma que quase metade dos cotistas do Fundo (cerca de 15,5 milhões de trabalhadores) pode desconhecer que tenha direito a esses valores. Por isso, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que o assunto seja amplamente divulgado.

Para saber se tem algo a receber, quem trabalhou antes de 1988 deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal, se trabalhava numa empresa privada ou uma agência do Banco do Brasil, se era servidor público.

É preciso levar um documento com foto e informar seu número PIS ou Pasep.

Related Post